"Doença do Gato" na gravidez?

Quantas vezes já ouviu falar que gestantes não podem ter gatos? Ou que devem doar seus gatos para não pegar a "doença do gato"?



Primeiramente, vamos explicar o que é a tal "doença dos gatos", a toxoplasmose.


A toxoplasmose é uma infecção causada por um protozoário chamado “Toxoplasma Gondii”, encontrado nas fezes de gatos e outros felinos, que pode se hospedar em humanos e outros animais. É causada pela ingestão de água ou alimentos contaminados e é uma das zoonoses (doenças transmitidas por animais) mais comuns em todo o mundo.



Os sintomas da toxoplasmose são variáveis e associados ao estágio da infecção, (agudo ou crônico). Normalmente são leves, similares à gripe, dengue e podem incluir dores musculares e alterações nos gânglios linfáticos. No caso de mulheres infectadas durante a gestação podem ter abortamento ou nascimento de criança com icterícia, macrocefalia, microcefalia e crises convulsivas, e é por este motivo que há uma grande preocupação em manter os nossos queridos felinos durante a gestação.


Mas calma, não precisamos nos desesperar!



A principal forma de transmissão da toxoplasmose é através da via oral, ou seja, ingestão de alimentos ou água infectada. O contato com os gatos não transmite a doença. O que causa a infecção é o contato com as fezes (caso o gato esteja infectado), no consumo de água infectada ou alimentos mal lavados ou mal cozidos.