Encontrei 5 gatinhos recém-nascidos. E agora?


Moro em São Paulo, em um condomínio de apartamentos, com 13 blocos, um local muito bonito, com bastante área verde.

Temos uma gata (ou talvez mais) que mora nessa área verde, mas não é domesticada, é arisca. E de vez em quando fico sabendo que foi encontrada uma ninhada de gatinhos pelo condomínio. Uma vez soube que uma funcionária do condomínio levou os filhotes e das outras vezes os gatinhos sumiram. Crescem e quando são vistos ninguém consegue pegar.

Todos concordam que a gata precisa urgentemente ser castrada, mas não conseguimos um meio de capturá-la. Se alguma tiver alguma dica, aceitamos.

Nesse domingo, dia 13/nov/2016, através de grupo que temos do condomínio na internet, fiquei sabendo que encontraram uma ninhadinha e colocaram os bebês em uma caixa na garagem de um dos blocos.

Fui lá verificar qual era a situação. Encontrei algumas mulheres e meninas ao redor da caixa. Todas apaixonadas e querendo ajudar, mas ninguém poderia levá-los para casa, pelos mais diversos motivos.

Já tenho 2 cachorras SRDs, maluquinhas, de 1 e 2 anos e 3 lindos gatinhos também entre 1 e 2 anos e meio. Mesmo assim resolvi levar comigo os 5 gatinhos, para cuidar, castrar e doar. (torcendo para o marido me deixar entrar em casa com a caixa) . Apesar de que eles precisariam muito ser amamentados pela mãe, por outro lado, logo sairiam da caixa, podendo ser atropelados (inclusive uma vez resgatei um filhotinho atropelado em frente ao nosso condomínio), ou cresceriam lindos pelos jardins do condomínio, ariscos, sem ninguém conseguir pegar, sem castrar e dando crias e crias e crias...

Chegando em casa, comecei a procurar informações com amigas que são de ongs sobre como alimentá-los. E achei que seria útil compartilhar aqui o que venho descobrindo.

Existe um leite específico para os recém-nascidos tanto de gatos quanto de cães. É o PET MILK, tem um precinho bem salgadinho, paguei R$ 75,00 em uma lata, mas certamente eles r