Uma maneira diferente para auxiliar os animais


Erika é protetora de animais, resgata, cuida e doa. Mas o processo não é tão simples assim.

Como a maioria das protetoras de animais, sobra amor e faltam recursos financeiros.

Na data de hoje, que estou escrevendo esse artigo, ela tem 8 cães próprios e 3 ninhadas, que somam 18 filhotes, de cãezinhos com até 55 dias de vida que ela está cuidando até que consiga um lar de amor e respeito para cada um deles.

Os gastos são muitos: leite em pó especial para recém-nascidos, ração para filhotes, tapetes higiênicos, isso sem falar nos gastos com veterinário, vermífugos, remédios, vacinas e outros.

Os pedidos de ajuda são compartilhados em redes sociais e tudo o que recebe é muito bem-vindo, mas claro, nunca é o suficiente.

Eu, como fotógrafa, tive uma idéia diferente para poder ajudar. Criei um evento de "Fotografia Solidária" para auxiliar na arrecadação de doações.

Cada cão que veio ao evento trouxe uma doação e foi fotografado profissionalmente. Cada um teve o seu momento de ensaio fotográfico.

Durante o ensaio eles correram, brincaram e se divertiram.

O primeiro a chegar para "dar uma mãozin